Conversa na Travessa

segunda-feira, fevereiro 28, 2005

Acabei de ouvir ser estabelecida uma relação entre o tabagismo, o sexo na adolescência e reminescências do paizinho a pedir para ir ali ao café comprar cigarros. Fascinante!

Premio esperanca de vida



Ouvi hoje no noticiario das 9 da manha, na Cambridge Q103 (103 FM), que um investigador americano descobriu que ter um oscar - em cima da lareira, acrescento eu - aumenta a esperanca de vida em 4 anos. Ouvi eu isto, com estes ouvidos que a terra ha-de comer.

A Noite das noites ( em Madeira Santa)

Pois que sim, pois que sim,...achei bem! Não porque tivesse termo de comparação entre os outros três nomeados ( dos 5 candidatos a melhor filme só vi, além do Million Dollar Baby, o The Aviator, de que também gostei.). Mas porque, é um filme de emoções mais do que acção. E quem não adora uma baba e ranho à frente da grande tela?

Já a passadeira vermelha...uma miséria! Vestidinhos muito chatos!
Salvem-se este, este e parece-me que este, apesar de não se ver lá muito bem. Ah! E claro ...!
Não sei lá o que deu às primeiras damas de Hollywood, para este ano darem uma de " sereias".
Cavalheiros: este, este, e este.

Prémio "Merengue" 2005 (para a senhora em segundo plano)

quinta-feira, fevereiro 24, 2005

Disfunção Eréctil

Hoje antes de sair de casa fiz um zapping pelos fantásticos programas da manhã da televisão portuguesa.
Apercebi-me que na SIC falavam de Disfunção Eréctil em doentes com patologia da próstata, o que me pareceu de bom tom. Assim, resolvi aguardar que se falasse da sexualidade em pacientes que foram sujeitos a algum tipo de cirurgia prostática...
NADA!
Ao se abordar esse assunto, foi superfícial, com a velha desculpa que em televisão o tempo é sempre curto e que não se pode abordar todos os assuntos.
É talvez por isso que ainda hoje chegam homens até à sessão dizendo coisas do género:
"pois Drª Tangerina, sabe, também já tenho 50 anos... já passou o tempo"
Passo-me com a falta de informação que há sobre este tema.
GRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR

A Tangerina

A partir de agora, vou-me sentir inibida de cometer certas inconfidencias*.

"(...)Italian researchers found that women who ate chocolate on a daily basis had higher libidos than those who didn't. They also found that chocolate-fed women had better sexual arousal and more sexual satisfaction.
(...)
In fact, chocolate contains small quantities of anandamide, a cannabinoid found naturally in the brain. But the real substance that makes chocolate so sensually pleasing is an ingredient known as phenylethylamine, or PEA. This substance releases dopamine in the brain's pleasure-centers. Dopamine also, coincidentally, surges during orgasm.(...)"

(link gamado dos marretas, que, by the way, estao de parabens pelo seu segundo ano de blogovida)


* Revelar que sou chocolatolica, por exemplo.

Onde as leis da física não se aplicam.

Na cama, onde mãe e filho repousam, o corpo mais pequeno ocupa mais espaço que o corpo maior.
E é tão bom!

quarta-feira, fevereiro 23, 2005

Eu ontem fui possuida por* uma personagem do "Sex & the City"


© Annie Leibovitz 2005, seguramente uma das melhores retratistas do mundo

Duracao do poltergeist: 7 minutos, numa primeira fase, e 1.47 minutos, numa segunda fase.
Efeitos secundarios a curto prazo: dois pares de sapatos novos, um exemplar em papel da Vanity Fair de Marco de 2005, e declaro aberta a situacao de desastre financeiro pessoal.
Efeitos secundarios a medio-prazo: ainda estou combalida, portanto ainda nao e' hoje que falo de certa e determinada questao ambiental que, pre-poltergeist, me andava a atormentar, nem do Sudan 1, o agente do mal que anda por ai em certos e determinados molhos ingleses.
Efeitos a longo prazo: nao se sabe bem os efeitos em humanos, mas em ratinhas de laboratorio e Drosophyla melanogaster (mosca da fruta) deu origem a bancarrota financeira e espiritual perene - acompanhada de alienacao -, mas sempre glamourosas. Todos os especimes estudados insistiram em mudar os nomes de baptismo para Carrie.

* Em calhando, isto tambem podia dar uma serie. Tambem tenho o direito de ser uma menina comázoutras.

Hey Mary, woman!


Deybra Davis;Three Little Birds;Acrylic on Board 26" x 29"


Three little birds

Don't worry about a thing
'Cause ev'ry little thing gonna be alright
Singin', "Don't worry about a thing,
'Cause ev'ry little thing gonna be alright."

Rise up this morning,
Smiled with the rising sun
Three little birds pitch by my doorstep
Singin' sweet songs of melodies pure and true
Sayin', "This is my message to you-u-u."
Singin'...
(Repeat)

"Don't worry about a thing,
'Cause ev'ry little thing gonna be al-right."
(4 times)

segunda-feira, fevereiro 21, 2005

Ora cá estão eles.

Os resultados.

Temos portanto que os nulos e os brancos, ganharam ao PCTP-MRPP, PND, PH, PNR, POUS e PDA. Mesmo assim em lugar não elegível. Algumas cadeiras vazias às vezes,...

É verdade, Mary dear!

Ontem estive a ver o macaco novo descoberto no Parque Nacional de Madidi na Bolívia, no "60 Minutes". Bem giro! E aquela ideia de leiloar o nome, hein? Qualquer dia teremos que o chamar Adidas ou Microsoft ou TAP,...
Aqui vai a foto do nameless


Se se apaixonarem o suficiente para serem padrinhos de baptismo podem fazê-lo aqui de 24 de Fevereiro a 03 de Março.

Ler mais aqui.

Aparentemente e antes deste, em Dezembro havia sido descoberto este.

Ora aqui está a prova de que descendemos dos macacos. Em vez de se deixarem lá estar sossegadinhos...parecem parvos!

Eu ouvi bem?

Mário Soares arrisca-se a uma multa entre €0,50 e €5,00, por via de um desejo que formulou ontem junto da sua mesa de voto? Terei ouvido bem? Ouvi não ouvi?
Já nem no Monopólio as multas são assim tão baixas.

Hoje e' que e' o meu dia de reflexao

a) Teria votado BE com o coracao e as tripas - as delgadas e as grossas - nas maos, com alguma vontade de votar Partido da Terra - porque e' o unico partido que fala verdadeiramente de ambiente, com tomates, e que parece saber que ambiente & urbanismo nao se compadecem com modas e demagogia - ou PCTP/MRPP (apenas e so' pelo Garcia Pereira)*. Mas ainda nao me deixam votar pela Internet. E' ademocratico.

b) Perdi o cozido 'a portuguesa no S. dos Canadianos com o Gang, apos voto nas escolas do bairro (e arredores). Perdi as discussoes acesas sobre a porca da politica e fait-divers a granel. Nao se priva ninguem de uma coisa destas. E' desumano.

c) Nao sei a votacao no Partido da Terra, nem no PCTP/MRPP. Parece que ninguem mo quer dizer. E' esquisito (adjectivacao pauperrima).

d) Life goes on, right or wrong.

[Actualizacao] e) Nao fazia ideia.

Eh, pá! Não correu mesmo nada bem...

sexta-feira, fevereiro 18, 2005

Ja' tentei quase tudo...

...e nao a largo. Ja' tentei ate' acabar uma tese e largar o vicio. Inclusive', ate' ja' cantei Camane' ate' 'a exaustao ("Prefiro que me deixes/a deixar que tu me prendas"), mas nao a largo. A Madrinha Ana e' que, com toda a propriedade, resumiu bem a situacao: "A actualidade é que é o ópio do povo, pázinhos."
E eu fumo-a, dasse!

Preciso de uma sala de chuto de actualidade, semanal numa primeira fase. Que a minha prioridade nao seja a actualidade, nos proximos tempos, senao nao vou a lugar nenhum. Amen! (reflexo condicionado)

Ja' tentei quase tudo...

...e nao a largo. Ja' tentei ate' acabar uma tese e largar o vicio. Inclusive', ate' ja' cantei Camane' ate' 'a exaustao ("Prefiro que me deixes/a deixar que tu me prendas"), mas nao a largo. A Madrinha Ana e' que, com toda a propriedade, resumiu bem a situacao: "A actualidade é que é o ópio do povo, pázinhos."
E eu fumo-a, dasse!

Preciso de uma sala de chuto de actualidade, semanal numa primeira fase. Que a minha prioridade nao seja a actualidade, nos proximos tempos, senao nao vou a lugar nenhum. Amen! (reflexo condicionado)

Oh, pá....esta não correu nada bem!

quinta-feira, fevereiro 17, 2005

Já sou tia outra vez!!

Desta vez de uma Joana! Loira e linda!

Happiness is back, ouviram bem, shiny happy people?



Happiness is back, you fools!

Repitam comigo: HAPPINESS IS BACK!
HAP-PI-NESS-IZZZZZ-BACK!!

"Richard Davidson at the University of Wisconsin has identified an area in the left front of the brain where good feelings are experienced, and another in the right front where bad feelings are experienced. (...)

The challenge is to work out what this means for political priorities in free societies like ours. If we accept that governments can and should aim to maximise happiness, rather than simply income, how might this affect specific choices in public policy?" (Richard Layard, "Hapiness is Back", in Prospect, March 2005)

quarta-feira, fevereiro 16, 2005

Shame! Vergogna!

Por um lado, os italianos aperceberam-se de como e' sexy votar em Lisboa e que temos um Berlusconi entre nos (Pedro Santanoni Lopes):
"O Pais vai 'as urnas. Com uma economia desastrada e uma campanha eleitoral acesa apenas por mexericos. Entre um premier play-boy e um candidato supostamente gay (...)" ("Com'è sexy votare a Lisbona" in L'Espresso de 11/02/2005, online apenas este resumo, na seccao "Mondo"; traduzione traditora por Maria_das_Flores). Ou seja, VERGOGNA!

Por outro, os ingleses, que nunca falam de nos, ontem e hoje dedicam espaco nos seus jornais diarios a falarem do folclore portugues medieval com tendencias salazaristas e roquessanteiristas e do seu aproveitamento politico na campanha eleitoral:

"Mr Santana Lopes declared yesterday to be a national day of mourning, and flags few at half-mast. But some bishops complained the Prime Minister was exploiting Sister Lucia's death for political advantage.
(...)
Sceptics say the visions seen by three frightened, ill-fed, illiterate children were manipulated by bishops and the fascist dictatorship of Antonio Salazar. Lucia entered a convent as a teenager and wrote only years later of the virgin's "secrets" regarding war and communism, under strict clerical supervision. For decades Portuguese people complained their lives were dominated by "football, fado and Fatima"."
(in The Independent de hoje)

"Sceptics say that the children's visions were probably the effects of electric storms common in the region upon frightened, malnourished children who were very likely groggy with alcohol. They were sent to watch sheep on a bare mountain from dawn to dusk having breakfasted on nothing but the local broth of bread, sugar and wine, known as "the soup of the tired horse"." (obituario da Irma Lucia, no The Independent, ontem). Ou seja, SHAME!*

Com que cara posso eu sair 'a rua?

P.S.1 Comadre Paula, a tua resposta desfavoravel refere-se a - por exemplo, por exemplo! - esta bela carta calimerica? Coitadinho do Calimero!

P.S.2 Grazie per l'articolo, S.!

P.S.3 *Aqui a vergonha nao tem nada a ver com o marianismo. A visao da imprensa internacional sobre Portugal - pais pobrezito, pai das "sopas de cavalo cansado", com criancas mal nutridas e exploradas para o trabalho, em que as crencas das pessoas sao aproveitadas para manipulacoes politicas - e' que me faz ficar muito envergonhada. Porque se calhar ela [a imprensa internacional] ate' acertou na mouche.

Declaração de voto: hoje, depois de ontem

Modelo de resposta desfavoravel 'a carta de amor no. 20 (de um político a uma jovem de classe média)

Exmo. Sr.

Nem o discurso que V. Exa. possui, nem a afirmacao dum bem-querer em que nao acredito (perdoe-me a franqueza), me podem levar a aceitar a sua proposta. Sei, por informacoes seguras, da vida leviana que tem levado, e essa vida nao é de molde a oferecer-me confianca. É essa a razao que me impõe o dever de nao deixar V. Exa. alimentar a mínima parcela de esperança. Nao posso, nem quero, comprometer a tranquilidade da minha existência, dedicando a V. Exa. um afecto que, por certo, me traria sofrimentos escusados.
Respondi à sua carta com toda a sinceridade.
Nao se agaste e deixe-me aconselhá-lo a afastar-se duma vida que só lhe pode trazer aborrecimentos e contrariedades.

Sem mais, sou esta que se assina.


( Obrigada, Marias )

terça-feira, fevereiro 15, 2005

Amanhã

O regresso do PT*









*PT= Personal Trainer, ou melhor dizendo, a mania dos cintos largos está de volta!

A Tangerina

Duvido muito da sinceridade de pessoas que não se "riem" com os olhos.

segunda-feira, fevereiro 14, 2005

Na onda das cartas de amor ( na onda? ainda é mal visto?)

Carta nº 572 ( Gaja despachada para gajo do seu agrado)

Gosto de ti, porra!

Resposta favoravel 'a carta de amor no.31 (de um homem idoso a uma jovem)



O dia acordou solarengo e propicio a uma resposta favoravel ao senhor de hirsuta cabeleira poalhada de neve, de nobre alma e cheio de sensibilidade afectiva. Resposta favoravel de uma jovem a um homem idoso:

Exmo. Sr. Richard Gere

A sua carta fez-me pensar e muito. Ha' nela tanta nobreza de espiritualidade, que eu, alma romantica, deslocada do prosaismo actual, venho prontamente responder-lhe que nao so' estou disposta a aceitar a sua proposta de casamento, como tenho a certeza de que nos havemos de dar bem.
V. Ex.a tem mais anos do que eu, mas conserva na alma o ardor que vem, por certo, da sua sensibilidade afectiva; eu sou nova e nunca amei, por medo, por timidez, e isso arrefeceu em mim os impulsos proprios da mocidade. Que importa a poalha de neve que embranquece os seus cabelos, e que interessam as rugas que marcam a sua pele, se a sua alma tem nobreza e o seu coracao e' bom?
Vera' V. Exa. que nos havemos de entender e como a Vida se nos tornara' bela, por a espiritualizarmos, quanto possivel.

Sem mais, creia-me com muita gratidao.

Ass.: MdF

P.S. Ainda nao tenho vestido para os oscares. So' coisas que me ralam.

[Modelo de resposta a carta de amor retirado de "Cartas de Amor para Namorados", de Maria Celeste.]

domingo, fevereiro 13, 2005

Má Lingua Política

Este fim de semana fui desanuviar os espírito para uma cidade do nosso interior e, em plena campanha política, acabei por jantar com um amigo mais velho, apoiante PS e também na corrida política da zona distrital.

Tangerina: - Então RA, que me dizes do Sócrates?!?
(tangerina pega na segunda garrafa de 'Quinta da Pacheca', e enche os dois copos)
RA: - Tu como Psicóloga, não achavas de bem que ele aparecesse com uma miúda gira ao lado, assim sempre parecia menos paneleiro...
Tangerina (de boca aberta, suspira um segundo) - RA, não me digas que tens alguma coisa a ver com o que o homem faz na sua intimidade...
RA : - Tens razão, Tangerina, tens razão... já me esquecia que és uma afincada defensora do direito à intimidade. Bebo a isso, é raro ver isso nas pessoas que me rodeiam.


O senhor até pode ter um ar sedutor, mas depois digam-me o que acham do sr. Sócrates após duas belas "pachecas" de reserva...


A Tangerina

sábado, fevereiro 12, 2005

Modelos de cartas de amor para namorados retro-vintage com tendencias Art Nouveau*


('A venda no eBay!)

Quase toda a gente tem acesso a postais electronicos, mas poucos, muito poucos, terao acesso a cartas de amor para namorados retro-vintage com tendencias Art Nouveau. Pois eu possuo 2 exemplares - dois! - do "Cartas de Amor para Namorados", da Maria Celeste, publicado pela Empresa Literaria Universal, composto e impresso em - curioso... - Outubro de 1986, nas Oficinas Graficas da Companhia Editora do Minho (Barcelos). Obviamente, nao quero que vos falte nada nesta quadra, dai que vos reproduza aqui um modelo de carta de amor, que podeis copiar.

D'"Os mais modernos modelos de declaracoes de amor, de respostas aceitando ou negando o amor oferecido, cartas de entrevistas e respectivas respostas, etc, contendo tambem 'Como Escolher Mulher' e 'Como Escolher Marido'":

Modelo de carta de amor para namorado retro-vintage com tendencias Art Nouveau no. 31 (De um homem idoso a uma jovem):

Ex.ma Sr.a

Levei muito tempo a pensar se sim ou nao lhe devia escrever. Os dias da mocidade ja' passaram ha' muito, mas a minha alma e' moça e cheia de sensibilidade afectiva.
Gostaria de encontrar companheira que me alindasse a vida, sem cuidar de olhar para a neve que vai polvilhando os meus cabelos, nem para as rugas que vao pergaminhando a minha pele.
Sera' V. Ex.a capaz de ser essa companheira ideal que o meu coraçao procura?
Deus lhe pague se assim for e prometo-lhe ser o mais fervoroso apaixonado, pronto a sacrificar todos os meus gostos e prazeres, para perfeita obediencia 'as suas ordens, minha senhora.
Aguardando, com a compreensivel ansiedade, uma resposta sua, creia-me admirador apaixonado.

Assinatura [legivel]:...............................


Em calhando, ainda respondo aqui a este homem cheio de sensibilidade afectiva, de cabelos polvilhados de neve e coberto de rugas que lhe pergaminham a pele, disposto a sacrificar todos os seus gostos e prazeres.

"Alindar a vida" e' lindo.
"Pergaminhar" tambem e' muito bom.
Um must, mas nao vos coibirdes (de 'coibir') de me pedir qualquer outro tipo de modelo de declaracao de amor (a uma costureira, a uma pequena da aldeia, a uma órfã, a uma colega de trabalho, de um empregado 'a filha do patrao, a uma divorciada, a uma viuva, de um homem rico a uma senhora pobre, de um rapaz a uma senhora idosa, de um viuvo a uma jovem), de respostas favoraveis/desfavoraveis, de pedidos de entrevistas, de cartas a pedir licença aos pais da namorada (para consentirem que se falem ou escrevam), etc. , que preciseis.

Pedidos de modelos de cartas de amor para namorados retro-vintage com tendencias Art Nouveau, declaracoes de amor retro-vintage originais para qualquer uma das tres comadres da Travessa e contribuicoes pecuniarias (nao obrigatorio, mas sempre simpatico), para conversa_na_travessa@hotmail.com e/ou para "Coscuvilhices".


*Tambem se pode arranjar qualquer coisita anarco-punk-vegetariana com tendencias metal em tons cinzento-industrial, a pedido...

sexta-feira, fevereiro 11, 2005

"One man, one vote; one Maria_das_Flores, one throat"

Quando nao se pode eleger nem um governo para o pais onde se esta' exilado, nem um governo para o pais de onde se esta' expatriado. Que dizer? Exclamar: Ta' mal, man, ta' mal! Exijo o direito de me enganar a escolher os meus representantes!

E agora, um pouco de ritmo:
NABADALA, BAYASIKHALELA THINA NGOBA ASINA VOTI
(e eles [os nossos pais, os nossos ancestrais] choram por nos, porque nao temos o direito de votar)


[A proposito do post de Rui Tavares e do comentario de Luis Lavoura.]

Para não estar outra vez a falar disto acho extremamente oportuno dizer que há coisas que irritam. Até porque tenho mais interesse em saber o que diz este elefante-menino.

quinta-feira, fevereiro 10, 2005

Isaac Asimov 'a hora de almoco

Agarrada a uma coxa de faisao africano recheado (Actualizacao: carne branca de aviario), debati-me para conseguir que a sua fina pele nao estalasse e o seu interior me explodisse na cara, ao mesmo tempo que tentava perceber um fisico-matematico-bioinformatico-hipercinetico-singapuriano-semitresloucado e o seu modelo economico-fisico-matematico-em-Mandarim-para-mim. Com umas regressoes e power laws e isso -estava boa a perninha assada -, o rapaz tentava prever o despedimento dos treinadores de futebol.

Resultado do jogo Coxa de Faisao Africano Recheado vs Isaac Asimov Singapureano: 3-1 (ganhou a Coxa de Faisao Africano Recheado).

Contudo, no final do almoco, retive isto:

"You can't predict the future, but you can invent it."
- Dennis Gabor (1900-1979; Premio Nobel da Fisica em 1971)

De papo cheio, fiquei mais descansada.

quarta-feira, fevereiro 09, 2005

Constatação

Nos feriados, festas e dias santos, as funerárias não devem dar nunca tolerância de ponto.

Criterios de avaliacao de candidatos - a tecnologia ao servico da estereotipização

Quando certas e determinadas pessoas se preocupam com os colos dos candidatos, quando quem ve caras diz que ve coracoes, utilizar o faceanalyzer© (programa que relaciona certos tipos de caras com certas caracteristicas da personalidade) para decidir qual e' o melhor candidato, e' um criterio tao bom ou tao dubio como os que para ai pululam. Quem quer saber de ideias, de listas, de programas eleitorais, de passagens da demagogia 'a pratica? Queremos e' saber da sociabilidade, do factor gay e da promiscuidade dos lideres dos partidos, mai'nada!

Apesar de nao poder ir votar, dei-me ao trabalho de andar 'a busca das caras dos lideres de alguns partidos e de analisa-las com o faceanalyzer©, porque nao quero que vos falte nada. Os unicos com arquétipos reconheciveis pelo programa foram Santana Lopes e Jose' Socrates. Francisco Louçã, Garcia Pereira, Manuel Joao Vieira e eu propria nao correspondemos a nenhum arquétipo reconhecido pelo faceanalizer©. Deve ser porque, no fundo, somos muito giros. Ou a culpa e' do fotografo. Faltaram ainda Paulo Portas, o Arquitecto Ribeiro Telles e outros, mas perdi a paciencia. Tentem voces.

Segundo o faceanalizer©, Santana e Socrates têm ambos cara de white collar - coisa dificilima de ver a olho nu... (descricao do arquetipo de white collar aqui). Os seus perfis de personalidade tambem sao extremamente semelhantes (Omessa!):

SANTANA LOPES’ Personality Profile (numa escala de 1 a 10)
Inteligence - 6.1 (Average Intelligence)
Risk - 4.9 (Low Risk)
Ambition - 5.8 (Average Ambition)
Gay factor - 1.4 (Very Low Gay Factor)
Honor - 5.3 (Average Honor)
Politeness - 5.7 (Average Politeness)
Income - 6.2 ($30,000 - $50,000)
Sociability - 5.8 (Average Sociability)
Promiscuity - 3.9 (Low Promiscuity)

JOSE' SOCRATES' Personality Profile (numa escala de 1 a 10)
Intelligence - 6.1 (Average Intelligence)
Risk - 4.7 (Low Risk)
Ambition - 5.7 (Average Ambition)
Gay factor - 1.5 (Very Low Gay Factor )
Honor - 5.2 (Average Honor)
Politeness 5.3 (Average Politeness)
Income - 6.1 ($30,000 - $50,000)
Sociability 5.5 (Average Sociability)
Promiscuity 3.6 (Low Promiscuity)

E agora? Como escolher? So' se formos ver as diferencas decimais (e.g., Socrates tem mais uma decima de factor gay do que Santana; Santana tem mais tres decimas de promiscuidade do que Socrates).

De resto, o faceanalizer© fez tambem uma analise "racial" dos candidatos, com resultados curiosissimos:
SANTANA'S racial analysis - 76% South East Asian; 24% Chinese.
SOCRATES' racial analysis - 12% Middle Eastern; 28% Southern European; 9% Anglo Saxon; 50% Chinese.

Sobre a polemica da leitura de caras, ler, por exemplo, o artigo "Reading Faces", de Sebastian Smee, na Prospect de Maio de 2004 (pp.40-42). Como nao da' para ler online o artigo todo, noutro dia cortarei&colarei uns excertos, que isto ja' vai longo e este template - beaucoup de jolie! - transforma qualquer microtexto num suplicio de scroll down. Mas eu nao quero e' que vos falte nada.

Uma unica coisa e' certa: prefiro uma pedra num rim do que Santana outra vez no desgoverno.

NOTA: Descobri o faceanalizer© atraves do Grant da Intersection of Anthropology & Economics, que, por sua vez, o descobriu atraves do Alex Tabarrok do Marginal Revolution.

Hoje sonhei isto.

A demagogia é como um desfile de alta costura. Fica muito bem na passarelle, mas por mais que alguns modelitos fiquem terrivelmente bem nalguns corpitos bem feitos, a solução é mesmo o prêt-à-porter.

segunda-feira, fevereiro 07, 2005

Aviso à navegação!

Avisam-se todos os interessados que, até dia 09 de Fevereiro ( e até mesmo 10, mediante algumas conjugações especiais) se verificarão picos de actividade criminosa fora do vulgar noutras épocas do ano. Avisa-se ainda que, provavelmente, estes números serão ultrapassados lá para meados de Maio.



If you know what I mean...

O Carnaval e' quando o Homem quiser.


© Richard Kalvar / Magnum Photos
BELGIUM La Louviere. 1979. Carnival. Twin flowers.

Este ano foi-o durante toda a campanha eleitoral e culminara' no dia 20 deste mes. Pelo menos.

Palhacos!

sábado, fevereiro 05, 2005

E não é que hoje...

... o "prelector" do meu mestrado foi o mui nobre Miguel Vale de Almeida!?

Pois é, foi com alguma ansiedade que esperei pelo módulo de "Sexualidade e Arte" do meu mestrado. Talvez isto se deva ao facto de, como muitos colegas meus, estar a ver o fim da parte académica, dos eternos trabalhos e avaliações; ou simplesmente porque estou FARTA de sexualidade teórica!
Hoje foi diferente. No dia anterior enquanto o "prelector" cedia-nos uma nova visão da dança e da sexualidade, dei uma vista de olhos no programa do dia seguinte; cabeçalho do programa "Coordenador do módulo: Miguel Vale de Almeida" (sic)
- Não pode ser!! - pensei, uma vez mais reflecti se seria o mesmo Miguel Vale de Almeida, o tal do blog... E era!

Como me comprometi, hoje deixo aqui o meu testemunho: A Tangerina conheceu o MVA
(poderia falar sobre o tema do módulo em si, sobre os construtos sociais e o papel da sexualidade, mas isso não interessa muito, pois não?)




A Tangerina

sexta-feira, fevereiro 04, 2005

Bom fim-de-semana


© Steve Bell 2005
Steve Bell on Nelson Mandela's visit to London

quinta-feira, fevereiro 03, 2005

Parafilias

Para além das descritas em todos os manuais de Psiquiatria, ou a Tangerina Voltou!

Acrotomofilia – preferência por pessoas que tenham alguma parte do corpo amputada, pois a excitação acontece devido à falta daquela parte do corpo.
Agalmatofilia – A excitação acontece com a observação de estátuas ou modelos representativos de pessoas nuas.
Asfixofilia - Também conhecido por hipoxifilia, define-se quando um indivíduo tenta o prazer sexual através da privação de oxigénio, seja através de um saco na cabeça ou uma técnica de estrangulamento. Estima-se que nos EUA entre 500 a 1000 pessoas morrem por ano vítimas desta técnica.
Autoasesinofilia - Excitação relacionada à possibilidade de encenar ou manejar uma morte masoquista de si mesmo por assassinato.
Biastofilia – O indivíduo excita-se quando, ao tocar numa pessoa desconhecida, esta está aterrorizada.
Clismafilia - Usar enemas (clisteres), para estimular a região anal enquanto se deixa penetrar por um jacto de água.
Coprofilia e Urofilia - Relacionadas ambas com os esfíncteres, na coprofilia o prazer sexual dá-se através das matérias fecais, e na urofilia pela urina.
Crematistofilia – o individuo excita-se quando é obrigado a pagar ou então é roubado pela sua parceira.
Escatologia Telefónica - Dizer obscenidades ao telefone.
Estigmatofilia – atracção por parceiros que tenham tatuagens, cicatrizes ou perfurações no corpo com finalidade de uso de jóias de ouro, principalmente na região genital.
Erotofonofilia - Quando o indivíduo excita-se com a possibilidade de matar o companheiro, sendo a morte o seu momento de orgasmo.
Formacofilia – Excitação através do contacto com pequenos animais, como caracóis, rãs, formigas e outros insectos, desejando que deslizem, arrastem-se ou mordam os genitais, a região do períneo ou os mamilos.
Hibristofilia – Atracção por criminosos perigosos, que tenham cometido crimes por violação, assassinato ou roubo por mão armada.
Morfofilia – Atracção sexual por parceiros que possuam uma ou mais características particulares no corpo.
Misofilia - Interesse por coisas sujas, como roupa.
Narratofilia – A excitação é conseguida ao se contar histórias eróticas ao parceiro principalmente consideradas pornográficas ou obscenas.
Necrofilia - Excitação com cadáveres, com os quais se mantém uma actividade sexual.
Pigmalionismo – Usar uma estátua para se excitar.
Pictofilia – Excitação obtida através da visualização de fotografias, imagens ou vídeos pornográficos na presença do parceiro.
Sapofilia - Prazer em comer plantas e animais em decomposição
Sinforofilia – Excitação através da possibilidade da acorrência de um desastre como um acidente de automóvel, por exemplo, e a observação das suas consequências.
Zoofilia - Prazer através do contacto sexual com animais.

Sabem mais algumas?

A Tangerina

T.P.C. A Travessa recomenda:

1. Caderno I
2. Caderno II
3. Caderno III

Por esta ordem ou outras.

quarta-feira, fevereiro 02, 2005

Este raciocinio matematico so' nao pertence 'a alimaria do

Lawrence Summers por uma ordem de razoes: fez-me rir.

terça-feira, fevereiro 01, 2005

The world will pardon my mush*...

...mas hoje vou ser sentimentaloide.

*Terceiro verso da quarta estrofe

Ha' quem diga que nao se deve voltar aos lugares onde fomos felizes [Pavese?]. As tantas, acho que tambem e' arriscado voltar a filmes de que ja' se gostou muito, ha' muito tempo, em fases diferentes do desenvolvimento sociopsicocoisopessoal. Tenho muito medo de rever A Influencia dos Raios Gama no Desenvolvimento das Margaridas (grande titulo, grande filme), por exemplo, nao va' acontecer-me o mesmo do outro dia a rever o Annie Hall. "Banal" foi o que me veio 'a mente, e nao sabem o quanto este epitoto me magoou. Eu sei que foi algo mais do que nao gramar as roupas androginas da Annie, muito fashion avant-garde na altura, com certeza. Foi algo muito mais. No entanto, a ultima cena do filme continuou a ser a minha cena de eleicao. Posso sempre voltar a esta cena, sem remorsos:

Alvy Singer: "I though of that old joke, y'know, the, this, this guy goes to a psychiatrist and says:
- Doc, uh, my brother's crazy. He thinks he's a chicken.
And, uh, the doctor says:
- Well, why don't you turn him in?
And the guy says:
- I would, but I need the eggs.

Well, I guess that's pretty much how I feel about relationships. Y'know, they're totally irrational and crazy and absurd and, but, uh, I guess we keep going through it because, uh, most of us need the eggs.
"

E faz tao mal ao colesterol. Mas quem resiste a uma gemada com Nesquick®?[upgrade: gemada com Cadburys®; upupgrade: castanhas de doce de ovos; upupandawaygrade: nozes de chocolate por fora e doce de ovos por dentro]


Annie Hall (1977)


The Effect of Gamma Rays on Man-in-the-Moon Marigolds (1972)

Este é um povo de brandos costumes.

E não devia ser. Porque a tentativa torpe de tentar trazer a público, factos da vida pessoal de outros candidatos, como garante da existência de falhas de carácter, que todos nós temos e temos e temos, só pode ser apelidada de inqualificável. Cartão vermelho, pá! E um ganda búúú!!!!

Queridos Diários,

"Ontem, vivi um momento que nunca irei esquecer. Mais de 1200 mulheres em Famalicão a acreditar na vitória do PPD/PSD (...)
Pedro Santana Lopes

"De regresso a Portugal, foi simpático o encontro com Schroeder. Estivemos uma hora e meia à conversa e,(...)"
José Sócrates

Eu! Eu!Eu sei fazer desenhos!
Paulo Portas

Eu dei uma "Entrevista ao «Avante!»"
Jerónimo de Sousa