Conversa na Travessa

quinta-feira, dezembro 30, 2004

Enlace

Num qualquer restaurante, no meio de tanta gente desconhecida, o seu olhar gritava ajuda.
Por vezes lá trocavam olhares e pedia-lhe, num grito sem som, que a levasse dali, para qualquer local onde estivessem os dois.
O jantar demorava tempo demais, as conversas eram circunstanciais demais, tudo estava a mais, menos ele.
Tinha sentido uma enorme vontade de o abraçar, perdidos na multidão, tempos antes, ainda lhe tinha conseguido apertar a mão, para que não fugisse quando outros tentavam a saída, hoje desejava apenas levantar-se e sair daquele lugar, na esperança que, no baloiçar de braços, os seus dedos tocassem os dele.
Nada, tudo tinha corrido da pior forma. Julgara-o perdido para sempre, sentia isso.
Tinha de ir, partir, tudo estava encaminhado para que a viagem se fizesse e que voltassem num outro qualquer dia, perdida numa qualquer hora, sobre qualquer motivo.
Bebeu um copo, ganhou coragem, abraçou-o por fim, afinal iria ter saudades dele.
Aos poucos as mãos lá se tocaram... primeiro num enlace tímido e discreto de como quem anda na rua e toca o outro que passa no sentido inverso... depois mais modestamente um entrelaçar de dedos tímidos, um tocar de pele doce e aromático.
Horas seguiram horas e a noite cada vez parecia mais curta.
Num pranto de insensatez, ou mais lúcida que nunca, desafia-o para dormir com ela.
Ele aceitou.



A Tangerina

quarta-feira, dezembro 22, 2004

Feliz Natal



A tangerina

Gosto...

...de coisas que são.

O mundo em duas palavras.

O mundo.

E já agora....

...tenham um BomNatal e um feliz AnoNovo e/ou vice-versa e tal e coiso e coisa e tal.

terça-feira, dezembro 21, 2004

Para o Natal quero.....um boom no contador de visitas!!

Teremos num futuro: Postais de Natal pirosos, imagens do Pai Natal animadas, fotografias do Alexandre Frota posando para a revista " Oi! Tudo bem?", imagens de coelhinhas(os) da Páscoa e muito mais.

In a near future: Corny Cristmas E-cards, Santas's pics, Brad Pitt's photos in pose for " Hi! How are U?" magazine, Easter sexy bunnys and so much more.

Brevemente! Soon!

segunda-feira, dezembro 20, 2004

Pergunta do dia

Quem é mais tonto?
O que cantarola na rua (Plácido Domingo e Sarah Brightman) ou o que dele se ri?

Cartao de Natal


© Werner Bischof / Magnum Photos
Budapest. 1947. Fighting to buy a Christmas tree. Bousculade pour l'achat d'un sapin de Noël.

Nao diria "euforica", mas parto com a ansiedade de me envenenar, devagarinho, com umas fatias douradas (com calda) e de bolo ingles (receita pantagruelica da Avo I.). E mais do que isto e' Jesus Cristo, dizem. Feliz Fatias Douradas para todos!
Ate' ja'.

Volaaaaaaaare, oh-oh, cantareeee, oh-oh-oh-oh
Nel blue, dipinto di blue
Felice di stare la su


(ainda acompanhada por Dean Martin)

sábado, dezembro 18, 2004

Jingle Bells

O Natal e' quando o Homem quiser, nao e'? E eu acho que as musicas de Natal deveriam ser tambem o que o Homem quisesse. Quando me apetece que seja Natal, como fatias douradas (com calda) e ouço isto, por exemplo:



Para mim, melhor que um Coro de Santo Amaro de Oeiras. Alem disso, o Dean Martin (e o Rock Hudson) e' a cara chapada do meu Avô A.

Which Rat Pack member are you? Deu-me isto, mas foi ao calhas:


Afino a voz (tenta-se, va'!), pisco o olho ao Dean e ca' vai um lindo Christmas carol para todos vos, a faixa #16 desta edicao:

Sittin' on Top of the World (Dean Martin)

I'm sitting on top of the world,
Just rolling along, just rolling along.
I'm quitting the blues of the world,
Just singing a song, just singing a song.

Glory, hallelujah, I just phoned the parson,
"Hey, Par, get ready to call!"
Just like humpty dumpty,
I'm ready to fall.

I'm sitting on top of the world,
Just rolling along, just rolling along.
I'm quitting the blues of the world,
Just singing a song, just singing a song

sexta-feira, dezembro 17, 2004

Oh man! Wonder if he'll ever know/ He's in the best selling show/ Is there life on Mars?

Os devotos fervoroso da Quadra (com "q" maiusculo) que me perdoem, mas esta e' a silly season 2 do ano: cinema bera (excepto os desenhos animados); tv mais bera ainda, com os seus infindaveis natais dos hospitais e seus clones; listas e mais listas de top 10 dos melhores/piores disto-e-daquilo de 2004 - silly lists que, como como todos sabemos, no fundo, nao contribuem para um mundo melhor, nem pior; jantares forcados (c de cedilha) - e em serie - de empresas, de colegas de faculdade que nao se veem ha' 33 anos (por alguma razao), de colegas do curso de massagem sueca, de dadores de sangue; festas de natal - e suas pantomices, coros desafinados e sempre, mas sempre, as mesmas pindericas cancoes de Natal - da empresa, do departamento, do infantario do filho; trocas de prendas escabrosas; enfim, you name it.

No entanto, sou uma comum mortal e tambem sofro de peer pressures e assim. Vai dai, nao posso deixar de - mesmo nao fazendo o meu proprio top 10 - divulgar um top 10 (copiado). Desta feita, o top das 10 melhores descobertas cientificas de 2004, de acordo com a revista Science e divulgada no The Guardian de hoje, por ordem decrescente:

1. Descoberta de agua em Marte - salina e acida, capaz de suportar vida. Tem piada, mas eu pensava que ja' se soubesse disto antes. Isto e', o Carl Sagan, o David Bowie e eu (porque acreditava no Carl e no David) ja' desconfiavamos.

2. Descoberta de "hobbits", os mais pequenos humanitos - a surpreendente descoberta dos ossos de um humano mignon, com 18 mil anos, Homo floresiensis, na ilha indonesia das Flores, e que anda a dar dores de cabeca a muita gente. Como e' que foram para ali 'a ilha? Nem o Ian Thorpe, com o dobro do tamanho desses pequenotes, nadaria tanto. Seriam utilizados como escravos pelos Homo sapiens?

3. Condensados - agora ja' se sabe mais sobre o quinto estado da materia, o condensado Bose-Einstein. A temperaturas ultrabaixas, os atomos no condensado comportam-se como um so'. Nao me facam perguntas sobre isto, que eu so' conhceo o leite condensado. Vao ler a Science e a Nature, maze', seus preguicosos! Parcendo que nao, sao revistas que entretêm muito.

4. Genoma - parece que partes de certo ADN, outrora considerado "lixo", que se encontram entre genes humanos, sao essenciais para ajudar os genes a ligarem-se e a desligarem-se na altura certa e no sitio certo do corpo. Esta' mal explicadito, eu sei, mas faz-se o que se pode. Interessa reter que e' importante saber-se isto.

5. Adeus, vida - estudos rigorosos confirmaram que muitas plantas, anfibios, passaros e borboletas estao 'a beira da extincao, devido a pressoes da expansao humana e de mudancas climaticas.

6. Parcerias publico-privado - 2005 foi o ano em que o grande negocio, fundacoes ricas, academicos e outros se uniram para descobrir vacinas para a malaria e medicamentos anti-VIH.

7. Genes molhados - cientistas retiraram amostras de agua de minas antigas e descobriram pedacos (cedilha) de ADN, uma tecnica que podera' ajudar a identificar vida demasiado pequena ou remota para se observar directamente.

8. Casal de pulsares - astrofisicos descobriram os primeiros pulsares - gigantescas estrelas "giratorias" de neutroes aprisionadas em orbita mutua - e esperam aprender mais sobre a Teoria Geral da Relatividade de Einstein.

9. Embriao humano clonado - Sul-coreanos utilizaram 242 ovulos de 16 voluntarios e criaram um clone de vida curta, para demonstrarem a possibilidade de fornecimento de celulas estaminais embrionarias a serem utilizadas em medicina.

10. Mais agua - uma serie de artigos apresentou novidades sobre a natureza do solvente universal, descobertas que poderao remodelar a Quimica e as ciencias atmosfericas. Nao sei explicar mais, nem melhor, nem me apetece meter mais piadinhas beras.

quinta-feira, dezembro 16, 2004

Os meus tempos que correm


© Jean Gaumy / Magnum Photos
GB. London. The city. 1999.

"I don't have any solution, but I certainly admire the problem."
--Ashleigh Brilliant

"No pressure, no diamonds."
--Mary Case

Baby blues blog ( mas não muito)

Em Janeiro vai fazer dois anos que sou mãe. O ser mãe não fez de mim uma mulher mais sábia. Antes pelo contrário. Todos os dias sou confrontada com a minha ignorância sobre o que fazer em determinadas situações. Apesar de termos planeado ter este filho, o que supostamente nos daria um bom avanço a nível de preparação, o ser pai e mãe é um acto de certa forma violento. Num minuto não se é e no outro passa-se a ser. E por mais que se tenha lido e visto muitas coisas, nada nos prepara para a realidade.
Se ser-se pai e mãe é nalguns casos uma vocação ( há pessoas que nasceram para sê-lo), noutros casos isso não se passa. E aí, cada tarefa é três vezes mais pesada e a confusão pode acabar por ser tal, que anula os momentos de puro prazer que podemos ter através da simples convivência com aquele ser pequenino mas que requer tanto espaço. Dentro de nós especialmente. Tenho pensado muito nisto, porque parece-me que por mais equilibrados que pretendamos ser, há sempre momentos em que nos apetece desligar o interruptor por 10 minutos. Só que, surpresa das surpresas, não existe interruptor algum.
Nada iguala o amor que sinto pelo meu filho e a alegria de ter a família que tenho (obrigada marido, por seres quem és....ora essa, deixa lá não precisas de agradecer de volta...), mas ser-se mãe e pai não é fácil. Não é. E tenho algum receio do momento em que eventualmente o amor não resolva tudo...
Acho que ser mãe é isso mesmo. Ter medo de tudo, mas lutar como uma leoa.

quarta-feira, dezembro 15, 2004

Lá está, lá está...

...é isto mesmo. Sem tirar nem pôr.
Assino por baixo.

Toda a gente sabe...

...que quando não se tem nada de interessante para dizer, ou se escreve acerca da falta de assunto ou então faz-se isto:

True Love
True


What Type of Lover Are You?
brought to you by Quizilla

Roubado daqui.

terça-feira, dezembro 14, 2004

A importancia de se chamar Maria das Flores versus Maria_das_Flores

1)
Doctor Unheimlich has diagnosed me with
Maria das Floresitis
Cause:drug abuse
Symptoms:inability to turn neck, memory loss, bleeding gums
Cure:wake up and realise it was all just a dream
Enter your name, for your own diagnosis:


2)
Doctor Unheimlich has diagnosed me with
Maria_das_Flores' Syndrome
Cause:pollen
Symptoms:photophobia, dry skin, headaches
Cure:don't do it again
Enter your name, for your own diagnosis:


3)
Doctor Unheimlich has diagnosed me with
Maria_das_FloresMaria das Flores' Disease
Cause:genetic mutation
Symptoms:rapid heart beat, slightly memory loss, -1 Strength, -2 Charisma, sudden extra ribs
Cure:wake up and realise it was all just a dream
Enter your name, for your own diagnosis:



1) e 2) terao o seu fundo de verdade, mas 3) talvez seja o que se aproxima mais da realidade. E, assim sendo, esqueci-me de mais um aniversario este ano: o da Comadre Paula, no dia 12 de Dezembro de 2004 (aqui entre nos, Paula, daqui a 20 vou-me lembrar que fizeste anos em 2004). Alem disso, nestes ultimos 10 dias enfardei como se nao houvesse amanha. Ou seja: por estas duas ordens de razoes, nao mereco viver.

(via Desassossegada, via Bomba, via Torneiras de Freud)

Já que se fala tanto nisto...

...resolvi investigar isto.
Ah! Depois aconteceu isto.
Enfim, uma chatice!

Very very (very) early morning blog (III)



A terra tremeu aqui e aqui, pelo menos para mim.
Este tremor parece que teve uma magnitude de 5,4 na escala de Richter, o que me preocupa, apesar de estar longe.

Por outro lado, este outro tremor parece-me que teve uma magnitude de 8 na escala de Richter,o que me deixa feliz e altamente orgulhosa, ainda para mais estando perto(um dia, pouco eventualmente,quando for grande, quem sabe,quem sabe...?). Parabens, Antonio!


(A. Moura /Univ.Cambridge)
Tool use confirmed in [capuchin] monkeys: Hard times may make tool use more important

Very very very early morning blog (II)...

...ou a resistencia obsessivo-compulsiva de um blogger (i.e., ca'estou eu de novo).

"Russel noddles and riffs on the themes of philosophy,ecology and the corporate menace,and he's got ideas about estrangement and family,possibly inhaled from the works of Douglas Coupland. It's all laid out with what I can only describe as a blogger's obsessive-compulsive stamina." (Peter Bradshaw,in The Guardian,26/11/2004, critica ao filme "I Heart Huckabees")

sexta-feira, dezembro 10, 2004

Boletim Metereológico

Friday Dec 10

Partly Cloudy High
57°F
Low
51°F

Precip: 10%

A mix of clouds and sun. High 57F. Winds E at 5 to 10 mph.

Saturday 11


Partly Cloudy High
59°F
Low
52°F

Precip: 10%

detailsPartly to mostly cloudy. High 59F. Winds ESE at 10 to 15 mph.

Sunday 12


PM Showers High
61°F
Low
51°F

Precip: 40%

Chance of afternoon showers. Highs in the low 60s and lows in the low 50s.


Get it??!!




quinta-feira, dezembro 09, 2004

Ele também esteve aqui.


© Ferdinando Scianna / Magnum Photos
ITALY. Sicily. Palermo. 1984. Jorge Luis BORGES

Tirado do bolso: "Democracy is an abuse of statistics." (JLB)

E agora refaço as malas e rumo ao Norte. Atè jà.

terça-feira, dezembro 07, 2004

A minha costela feminista...

...obriga-me a questionar: Como é que este gajo ainda tem tempo de antena?



A Tangerina

Interrupçao "breve", abusando escandalosamente dos recursos de uma simpàtica familia

1. Por um lado, porque, de certa forma, jà estava à espera do upgrade do Grande Dicionário da Língua Portuguesa da Porto-enfia-o-barrete-Editora. Porque? Porque tenho amigos que nao blogam - uns queridos - mas que me aturam e toleram os meus viciozinhos com um sorriso complacente, mandando-me, perixemplo, emails com links, tipo este:
"The term "blog" has been chosen as the top word of 2004 by a US dictionary publisher." Parece que o Merriam-Webster Dictionary se saiu agora com esta definiçao de blog:

"BLOG noun [short for Weblog] (1999) : a Web site that contains an online personal journal with reflections, comments, and often hyperlinks provided." Nao sei, nao sei, nao sei. Isto [os blogs] posto assim parece ser uma coisa um niquito pindèrica. Se calhar, è mesmo.

2. Ora e, por outro lado, uma pessoa encontra fòsseis datados de 1997 e nao pode deixar de sorrir - e, em sendo pindèrica, nao pode deixar de por no blogue. Nos tempos em que eu escrevia cartas e tinha penfriends e pertencia a "organizaçoes finlandesas de intercambio cultural atraves de penfriendships", e nao tinha Internet, e muito menos blogue, escrevia mal e porcamente Ingles, mas, ainda assim, insistia em traduzir coisas como Alvaro de Campos ou BDs da Turma da Monica. A nostalgia que foi hoje encontrar esta traiçao:

"Unauthorized literal translation of Alvaro de Campos
(...)
There is, no doubt, who loves the infinite
There is, no doubt, who desires the impossible
There is, no doubt, who doesn't want anything -
Three types of idealists, and I'm none of them:
Because I infinitely love the finite,
Because I impossibly desire the possible,
Because I want everything, or a little bit more, if it's possible,
Or even if it's not...
(...)
"


Pindèrica, pindèrica...

segunda-feira, dezembro 06, 2004

Aceitam-se mais sugestões para...

...máscaras de Carnaval.

sexta-feira, dezembro 03, 2004

Contra a pornochachada, cantar, cantar! (Buarque)



Ha' mais de uma decada, a C. apresenta-me isto como "a letra mais pornografica de sempre". Discordei prontamente, claro. Porque conhecia algum rap, heavy/trash metal e pop com muito menos metaforas. Porque, para mim, a pornografia agride os meus sentidos pela falta de metafora, metonimia e doutras figuras de estilo. A pornochachada nao tem estilo.

"O Meu Amor" (musica e letra de Chico Buarque, para a peça Ópera do Malandro, de Chico Buarque, 1977-1978; cantada por, por exemplo, Elba Ramalho & Marieta Severo)

Teresinha: O meu amor
Tem um jeito manso que é só seu
E que me deixa louca
Quando me beija a boca
A minha pele toda fica arrepiada
E me beija com calma e fundo
Até minh'alma se sentir beijada, ai


Lúcia: O meu amor
Tem um jeito manso que é só seu
Que rouba os meus sentidos
Viola os meus ouvidos
Com tantos segredos lindos e indecentes
Depois brinca comigo
Ri do meu umbigo
E me crava os dentes, ai


As duas: Eu sou sua menina, viu?
E ele é o meu rapaz
Meu corpo é testemunha
Do bem que ele me faz


Lúcia: O meu amor
Tem um jeito manso que é só seu
De me deixar maluca
Quando me roça a nuca
E quase me machuca com a barba malfeita
E de pousar as coxas entre as minhas coxas
Quando ele se deita, ai


Teresinha: O meu amor
Tem um jeito manso que é só seu
De me fazer rodeios
De me beijar os seios
Me beijar o ventre
E me deixar em brasa
Desfruta do meu corpo
Como se o meu corpo fosse a sua casa, ai


A duas: Eu sou sua menina, viu?
E ele é o meu rapaz
Meu corpo é testemunha
Do bem que ele me faz



E agora, uma semana sem vos dar musica. Ate' ja'.

quinta-feira, dezembro 02, 2004

Pois e' um dos melhores albuns [de jazz] do mundo.



Pois e' de 1959.

Mas ha' uma reedicao de 1997 que esta' a 5 libras esterlinas (1500 paus) e que eu comprei hoje, para fazer descansar a velha e roufenha cassete gravada. Tambem tu?

Em escuta: Flamenco Sketches (Alternate take)[Bonus track not on original LP].

O maradona fintou-nos...

...e eu jogo estapafurdiamente mal 'a bola. No entanto, corro. Ja' sei para onde foi chutada a bola: para aqui.

Ando a desconfiar...

... que sou a Cinderela, uma vez que hoje vim a "descobrir" que a mulher que vive com o meu pai é a minha Madrasta, logo sou enteada de alguém... hummm isto quase aos 30 anos não deixa de ser estranho!



A Tangerina

Há lá coisa mais pateta...

...que o Fórum Mulher na TSF?

quarta-feira, dezembro 01, 2004

Molhos (mó-lhos) de brócolos



1 de Dezembro de 2004. Ha' quem se interrogue se o D. Afonso henriques deveria ter batido na mae, para comecar. Segundo, ha' quem afirme que o que nos estavamos mesmo a precisar era de 3 - tres! - Felipes de Espanha, mazera, ainda para mais com isto agora. Enfim, bocas da reaccao corriqueiras, mas que me levam ao terceiro ponto. Portanto, terceiros, custa-me a crer que a identidade nacional se baseie, nos dias de hoje, em coisas como o trigesimo sexagésimo quarto aniversario de uma padeira 'a batatada com os espanhois. E' mais um feriadozinho, nao e'? E nós gostamos muito dos nossos feriadozinhos e das nossas pontezinhas, tal como os nossos vizinhos do Leste iberico, que fazem nao so' puentes, como tambem aquedutos(e.g., calham dois feriados na mesma semana, tipo na terca e na quinta, e o pessoal faz um brutal aqueduto e nao trabalha durante 9 dias; juro!). Alegremo-nos por ser os unicos vizinhos europeus que ha' mais de 160 anos que nao tem um conflito armado entre si* - desde a Guerra das Laranjas, em que perdemos Olivença, embora depois acho que era suposto terem-no-la** devolvido*** - mas nao e' bem por isso que e' feriado em Portugal, nem por ser o Dia Mundial da Luta Contra a SIDA, salvo erro...

Na verdade, o que me faz especie foi ter descoberto, numa cadeia de supermercados inglesa (Sainsbury's), que a Espanha e' um grande produtor de brocolos. Uma pessoa chega a um qualquer Sainsbury's local 'a procura de brócolos, no Domingo, 28/11/2004, et voila': no sitio destes, e em vez destes, encontra uma folha digna de ser publicada no The Economist - embora faltassem uns quadros e graficos explicativos e mais uma ou outra opiniao de experts a falarem da CEB (Crise Europeia do Brócolo). O Pingo Doce, por exemplo, nao se preocupa em dar-me estas informacoes:

"Due to recent shortage weather conditions in Spain, there is an European shortage of broccoli. We antecipate that we will be back to full supply by Friday 3rd December.
We appologise for any inconvenience caused.
"

Tragico. Porque eu sou uma das raras criancas que aprecia verdadeiramente brócolos(e couves em geral e figado de cebolada, mas isso agora nao vem ao caso).


* o que nao quer dizer que nao haja conflitos entre vizinhos ibericos - nao vou falar agora das questoes hidrologicas, que e' um assunto depauperante para as minhas condicoes psicocognitivas de hoje.
** conjugar verbos com pronomes, ou la' o que e', e' extenuante.
*** as diferentes historias na Historia tambem sao estafantes (e a trabalheira que e' usar sinonimos de "cansativo"!).

NOTA 1: *+**+*** sao sintomaticos, provavelmente, de carencia de brócolos (vitamina A e C, fosforo, ferro, calcio, fibras, poucas calorias, alem de substâncias fitoquímicas, tais como indóis, carotenóides , isotiocianatos e bioflavonóides, que parecem proteger-nos contra certas doenças, como o cancro, diabetes, doença cardíaca, osteoporose e hipertensão.).
NOTA 2: nao sou vegetariana; evito comer animais carnivoros, so' vegetarianos, de preferencia que nao estejam em vias de extincao.