Conversa na Travessa

quinta-feira, setembro 30, 2004

Reality is Stranger Than Fiction. Episodio 1 (depois do retumbante insucesso do episodio piloto): "Superbabies"

Virgin Radio, U.K. (1197 KHz AM, 1215 KHz AM), ontem, noticiario das 9.00 a.m.:

"O Registo Civil de .....[incompreensivel], na Suecia, rejeitou o pedido de uns pais para chamarem ao seu novo rebento de "Super-Homem". Tinham escolhido o nome desta popular personagem da banda desenhada porque o bebe' nasceu com um braço a apontar para o ceu."

Ha' pessoas que nao têm tino nenhum. Continuam a reproduzir-se alegremente e ninguem lhes diz nada.

Entretanto, descobri este caso de um "Clark Kent" alemao - "German superbaby may help cure diseases":
"Berlin, Germany, Jun. 26 (UPI) -- A genetic mutation has given a five-year-old child in Berlin, Germany, muscles twice the size of other kids his age and about half the body fat.
(...)
The child has a genetic mutation that blocks the production of a protein that limits muscle growth. It's the first known case of a human having such a mutation.

Schukle published his findings in the New England Journal of Medicine, saying the discovery might aid in the fight against muscle-wasting diseases such as muscular dystrophy.
"

Isto sim, isto e' que veio do Planeta Kripton:
"The Superbaby is a dream come true for the tube savvy guitarist or recording engineer.Raw & responsive vintage amp tone without the coliseum volume..."


Como ando bastante ocupada...

...aproveito para escrever aqui umas pequenas notas a desenvolver no futuro.

1- A profunda ligação entre Portugal e os emigrantes ou em como as bandeiras portuguesas são bastantes úteis como cortinados.

2- Dizer qualquer coisa acerca dos Flux ( depois de acabar de ouvir o CD).

3- Formas de descriminação encapotadas(?). Programas exclusivamente femininos. Em grupo, afinal quem é inaudível? Os homens ou as mulheres?

Por agora, é só. Vou ali preparar o meu café à americana ( uma caneca bem cheia, quente e fumegante, com a qual vou namorar) e mergulhar no trabalho.

quarta-feira, setembro 29, 2004

Anthony Poncio Pilatos Blair, ontem, na conferencia dos Trabalhistas


Steve Bell 2004


"Blair refuses to say sorry" (by Michael White, The Guardian's political editor):
"Tony Blair yesterday offered critics of his Iraq war strategy his most contrite justification for the conflict so far but stopped short of an outright apology, removing the word "sorry" from the text of his speech to Labour's Brighton conference in frantic last-minute rewriting.(...)"

"Blame me (...up to a point)" (by Andrew Grice, The Independent's Political Editor):
"Tony Blair admitted yesterday that his stance on Iraq had led to a collapse in his trust ratings and appealed to Labour to set aside differences on the war and work for a historic third term.

The Prime Minister finally apologised for the flawed intelligence about Saddam Hussein's weapons programme, but refused to say sorry for taking the country to war on a false prospectus. (...)
"

E dai lavou as suas maos...

terça-feira, setembro 28, 2004

Ladrao de sentimentos

7 razoes - porque os mares sao so' 7 - por que gosto de Corto Maltese (uma metafora da personagem Ugo Eugenio Pratt)

1. Pela sua beleza. Nascido a 10 de julho de 1887, fruto da relacao amorosa de uma cigana andalusa - la niňa de Gibraltar - e um marinheiro ingles da Cornualha, que fez escala na costa mediterranica. Ou seja, dali resultou um soberbo "mestiço": rosto anguloso, energico, mas com uma subtil feminilidade; cabelo negro lustroso; olhos cor-de-mel (mistura de amarelo e ouro); 1,93 m (pese embora...ver ponto #2); andar altivo, passada elegante, segura e lenta; fleuma britanica.


2. Pela sua poesia. Como Pratt mudava as proporcoes das personagens em funçao das emoçoes que pretendia comunicar, Corto tanto pode medir dois metros, como um metro e setenta. Faz-me lembrar um pouco "A Espuma dos Dias", de Boris Vian, onde o mundo fisico nos informa mais sobre o interior das personagens do que, por vezes, o que elas dizem.


3. Porque e' um aventureiro de corpo e alma. "A aventura e', antes de mais, uma atitude perante a vida e o mundo, e so' depois uma deambulaçao aparentemente arbitraria pelos caminhos do mundo." (Carlos Pessoa, sobre Corto Maltese).


4. Porque gosto das suas deambulaçoes morais e "fisicas".


5. Por ser inspirador. "...foi para mim, como para tantos outros adolescentes, sinonimo de despertar sexual e intelectual" (Pascal Morelli, desenhador de BD)

6.Porque se cruza com mulheres lindas e espertas. "Corto", em dialecto andaluso (acho), significa "maos rapidas" (ladrao), mas tambem "ladrao de sentimentos".


7. Porque desenha o seu proprio destino. "Corto, sabia que na sua mao nao existe a linha do destino?", pergunta-lhe a cartomante Amalia. E o jovem Corto vai a correr para a casa-de-banho de sua casa e ferra uma das laminas de seu pai na mao esquerda, desenhando um sulco profundo.


Post post. Dao-se alvísseras por um exemplar de "Corto Maltese: Itinerari Fantastici e nascosti di Corto Maltese a Venezia", Lizard Edizioni, em bom estado. Obrigada, S., por teres sido incansavel na busca, pese embora infrutifera.

sábado, setembro 25, 2004

Jurassic Park


Marine iguana (Amblyrhynchus cristatus). Rábida Island. Galapagos.

"In the Beginning"
"Sebastião Salgado is embarking on the last of his great photographic projects, which will appear regularly in Weekend over the next eight years. He is seeking out places that are still as pristine as they were in primeval times, places that provide hope. First stop, the Galápagos Islands. "

Na Graça de Darwin & Wallace. Amen!


Marine iguana (Amblyrhynchus cristatus)

sexta-feira, setembro 24, 2004

Palavras que fazem rir porque sim: um contributo

Repolho e repolhudo (®?)

My feelings exactly

My feeling exactly (I)


My feeling exactly (II)


(in www.publico.pt)

quinta-feira, setembro 23, 2004

A blogosfera e'...uma arma*



"Iran's Bloggers in Censorship Protest":

"The reformist Emrooz website was blocked - but has now re-appeared
Hundreds of Iranian online journals have been protesting against media censorship by renaming their websites after pro-reformist newspapers and websites that have been banned or shut down by the authorities.
Many of the websites, known as blogs or weblogs, have also posted news items from the banned publications on their websites.

The protest was started by blogger Hossein Derakhshan, a student at Toronto university in Canada.

He told the BBC that although he felt the action was symbolic, he wanted to show Iranian authorities "that they would not be able to censor the internet in the same way as they have managed to control other media".
(...)"

*Referencias: "O Amor e'..."; " A Cantiga e' uma Arma"; e-mail de uma ultraquerida amiga sem blog, mas que me atura as "bloguices" e me mandou o link para este artigo da BBC News.

Coisas lindas de se dizer.

" Hoje pus o teu perfume, para me lembrar do teu cheiro mesmo quando não estás perto."

É parolo! Mas o amor quer-se assim!!

Olá!!! Voltei!!!

Está alguém aí??

Via: in-finita.blogdrive.com

quarta-feira, setembro 22, 2004

He's my man...



...ainda aos 70, relembra-me o Ivan.

Everybody knows, or should know, a importancia que uma musica pode ter na recriacao de ambientes. Atom Egoyan esta' careca de saber isso e abre "Exotica" com Leonard Cohen, em off, a cantar o amor e a derrota, como pano de fundo da abertura de um show de striptease. Alias, a narrativa caleidoscopica do filme e', toda ela, um striptease, que vai revelando, peça por peça e de forma fluida, a profundidade - dramatica - das personagens e da trama. A excelente banda sonora e' composta por Michael Danna, excepto a musica de abertura, de Leonard Cohen (que nao esta no CD; infelizmente, digo eu), guia-nos historia adentro, tratando-nos como serpentes encantadas. No entanto, pareceu-me que a musica inicial e' que revela as coisas como elas sao no filme (destapa a trama). A inspiracao oriental (indiana) na musica de Danna nao mais e', seguramente, do que a "fantasia" de Egoyan do que um clube de strip deveria ser - uma recriacao de paragens "exoticas", veus transparentes que semitapam historias por contar.

"Everybody Knows" (Leonard Cohen)

Everybody knows that the dice are loaded
Everybody rolls with their fingers crossed
Everybody knows that the war is over
Everybody knows the good guys lost
Everybody knows the fight was fixed
The poor stay poor, the rich get rich
That’s how it goes
Everybody knows

Everybody knows that the boat is leaking
Everybody knows that the captain lied
Everybody got this broken feeling
Like their father or their dog just died

Everybody talking to their pockets
Everybody wants a box of chocolates
And a long stem rose
Everybody knows

Everybody knows that you love me baby
Everybody knows that you really do
Everybody knows that you’ve been faithful
Ah give or take a night or two
Everybody knows you’ve been discreet
But there were so many people you just had to meet
Without your clothes
And everybody knows

Everybody knows, everybody knows
That’s how it goes
Everybody knows
(...)



Leonard Cohen. Vancouver, B. C., Canada. Friday 20 October 1978.© David Boswell.

terça-feira, setembro 21, 2004

Reality is Stranger Than Fiction. Episodio piloto: "Sonho de uma noite de Sabado?"

Ando calada quem nem um rato, inverve® (neologismo - sem verve) para escrever, mas decidi avancar com um "projecto" (os "artistas" tem sempre "projectos") que tinha aqui engavetado vai para varias luas - uma serie de sketches inverosimeis da minha vidinha real. Sei que com o desengavetanço® (neologismo - tirar abrupta e negligentemente algo da gaveta) desta serie de duvidosa qualidade - mas honesta - estarei, por certo, a afugentar futuros patrocinadores das actividades das tres socias accionistas da Conversa-na-Travessa, S.A. (e.g., festins de mexilhoes 'a borla no Restaurante "A Travessa" para as tres accionistas do blog quasi-homonimo). Nao obstante, apeteceu-me emoldurar cenas macacas, das quais sou espectadora e/ou participante. Nada de novo, esta sensacao de se estar num filme. O mais comum dos mais comuns dos mortais humanos gosta de fazer filmes da sua vida e dizer "Isto contado, ninguem acredita!", de cada vez que se espanta com o mundo. Se calhar nao e' o mundo que e' estranho; o mais comum dos mais comuns dos mortais humanos e', no fundo, um ingenuo, um inocente auto-etnografo®* (isto tambem deve ser um neologismo, cujos royaltyes deverao ser enviados a Maria das Flores), more often than not, um umbiguista contador de historias - das historinhas da sua vidinha tao banalzinha como qualquer outra(zinha).
A serie "Reality is Stranger Than Fiction" aparecera' em italico nos vossos monitores (para dar um ar mais fantasista) e as traducoes Estrangeiro-Portugues, quando necessarias, serao livres e feitas por mim. As molduras das historietas serao mais ou menos barrocas, mais ou menos goticas, mais ou menos surreais, utilizando os mais diversos materiais. A manufactura e exportacao das mesmas estarao a cargo de Mim & Meu Umbigo. O episodio piloto e', na verdade, uma reedicao nao corrigida de um post de MdF, de Setembro de 2003. Qualquer semelhanca com a ficcao e' ingenua coincidencia.

*Inspiracao subrepticia a partir de "The Innocent Anthropologist : Notes from a Mud Hut", de Nigel Barley

Reality is Stranger Than Fiction. Episodio piloto: "Sonho de uma noite de Sabado?"
Ja' as doze tinham badalado ha' mais de vinte minutos na ruela da pequena cidade-bolha, e nada de aparecer a encomenda.
-Malditos radios-taxi! - vociferou, entre pevides, a recem transformada abobora-menina. -10 minutos, diziam eles!
E ei-la, a encomenda. Abre-se uma janela com um motorista 'a espreita:
- Miss X?
- Sim, sou eu - retorquiu, amarelando um sorriso ao entrar no taxi.
- Desculpe, estava ha' muito tempo 'a espera?
-...Nao, nao... - com tom de 'sim' - Bom, eu sei que e' Sabado...
- Peço imensa desculpa! Pois e', pois e', os Sabados...
Silencio.
- E esta traça, bloody hell, esta traça e' do demo.. Tem sido o passageiro mais frequente de hoje. Ja' tentei de tudo, violencia fisica e psicologica, mas a danada e' de ideias fixas. Tentei falar-lhe ao coraçao, em vao. Ofereci-lhe um copo e um bocado do estofo, mas nada. O animal continua a orbitar a minha cabeça. Isto hoje ainda acaba mal...
- Eh, eh!
- Acho que as coisas se resolviam se lhe pusesse um nome...
-...poderiam tornar-se grandes amigos depois!
- Pois claro! Acho que lhe vou chamar Morris. Sempre quis ter uma traça com esse nome, ah-ah!E' um bom nome, nao acha?
- Ah, ah! Entao "ela" afinal e' um gajo.
- Gajo, pois concerteza! Companheiros de viagem!
- Viajar assim e' mais seguro, ah-ah!
- E'...
Silencio. Miss Abobora tenta cortar o silencio:
- Ja' ha muitas horas que esta' ao serviço?
- Oh! Ja' nao me lembro a ultima vez que encostei a cabeca a um travesseiro. Os fins-de-semana sao de loucos.
-Hmm... Pois, os fins-de-semana...de loucos...



quinta-feira, setembro 16, 2004

Post-it® a mim propria



Falar mais uma vez do tempo:
1. Aquecimento global e crise energetica (energias alternativas, etc.)
2. Pensar nisto: "Even the Pentagon says that global warming is a greater threat to security than terrorism"
3. Blair/Aquecimento global/subsidios para a energia eolica: "The Answer[, my friend,] is Not Blowin' [only] in the wind" (parentesis rectos meus) Tentar descobrir online o artigo de Niall Ferguson, no The Independent de ontem: "Global warming is no joke. But there are two fatal flaws in the Government's wind rush."
4. Planeamento (ahahahahah) energetico em Portugal (ahahahahahhaha)
5. Neste momento: 17°, Humidity: 45% , Wind: SW/19 km/h, Sunrise: 6:36, Sunset 19:11
6. Ainda nao estou preparada para o equinocio.

quarta-feira, setembro 15, 2004

As belezas das ferias

Eis que começa.
A nostalgia do Verão.


Mais do que um desbloqueador de conversa, mais do que um chit chat, um superficial quebrador de gelo, o tempo e' um assunto serio nesta ilhota dos mares do Norte onde me encontro exilada. Por o tempo ser como e' por aqui - um tempodemerda (neste momento: 6°C, 100% de humidade, vento de Noroeste a 11 km horarios, etc.)- e' de mau tom nao se falar do tempo. Falar dele, todo o santo dia, de cada vez que se enceta uma conversa. Por isso, desculpem, vou falar do tempo, do fim das ferias e do Verao, ou melhor, do incumprimento das 4 estacoes (quatro!), again. Ate' o Blair anda preocupado com isso. Mas seriamente. Ainda ontem o vi na BBC1, olheirento (acabou o Verao), parecendo genuinamente preocupado com as alteracoes climaticas globais, que ha' "pilling up scientific evidence" (estrangeiro) pointing (mais estrangeiro)na direccao do aquecimento global e do efeito de estufa provocado pela emissao de porcarias para o ceu. E diz que quer reforcar (cedilha) o commitment (est.) britanico na luta contra o aquecimento global. Clap clap clap!!! esquecam o Bjørn Lomborg e a sua fraude cientifica em "The Skeptical Environmentalist" (Cambridge University Press, 2001). Ou melhor, nao esquecam a desonestidade intelectual, que a ha', ai ha', sim! - vao ao The Danish committees on Scientific Deshonesty, por exemplo, e mantenham-se alerta, caros escoteiros. Veem como falar do tempo nem sempre e' um bom quebra-gelo? Mas desbloqueia conversas.

Bom... O final das ferias e o verao nos diferentes hemisferios (dois!), pois. O Verao brasileiro nao faz sentido, porque mete um Natal pelo meio. Um Natal quente da' uma grande reviravolta na cabeca de um habitante do Hemisferio Norte. Um Natal quente e', para nos, uma grande volta na mitologia, usos e costumes. Nao faz sentido. Acho que o Caetano, aquando do seu exilio em Londres, escreveu "In the Hot Sun of a Christmas Day". Cantemos a uma so' voz: "Nao faz sentido!!" Mas nao era do Natal que eu queria falar, mas nas ferias de Verao, dos seus dissabores e, 'as vezes, horrores, e no fim das mesmas. Ja' aqui devo ter referido umas quatro-cinco vezes um, para mim ja' mitico, programa radiofonico da Radio Comercial : "Os Reis do Vinil" (tantaaaataannntanntaan...As cancoes antigas ou entao ja' esquecidas....contadas por Sergio Godinho). Ha' exactamente
10 anos (dez, pa'!) e um dia, SG apresenta(-me)esta satirica malha, retirada de um velho vinil, cantada por Moacir Franco, "As Belezas das Ferias" - ou, "As Belezas das Férias", para quem ande a "fazer" Google 'a procura desta letra. O que eu penei para tentar encontrar a letra desta musica, so' eu e Darwin e' que sabemos! Nao a encontrei... Fica aqui de ouvido. Escutem com atencao os belos batuques sambistas por detras da satira do texto.

Nao sao as aguas de Março fechando o Verao...mas sim as aguas de Setembro, eu, o SG e o Moacir Franco a enxotar a ultima andorinha preguiçosa. Ca' vai:

"As Belezas das Férias"

REFRAO:
Cai, cai, cai
no mes de Dezembro que vem
o tempo de ferias meu bem
Vai quem quer
a mim ninguem leva mais nao
pois ferias eu ja' sei como sao:

A mulher e' chata
e o cachorro late
e o menino berra
e o carro bate
e o mosquito torra [??]
e na volta e' a serra [???????]
e tem o seguinte
eu ja' nao tenho vinte

A mulher ta' gorda
e a mae dela e' sogra
e o gelo acaba
e o farol e' fraco
e o do outro e' alto
e o salario e' baixo
e teom o seguinte
eu ja' nao tenho vinte

REFRAO

A barraca e' baça [????]
e o vizinho escuta
e a cerveja e' quente
e o dedao destronca
e o compadre ronca
e a gravata espera
e teo o seguinte
eu ja' nao tenho vinte

A comida e' fria
mas meu carro esquenta
e o amigo bebe
e a cachaça e' minha
e a piscina e' rasa
e so' cabe oitenta
e tem o seguinte
eu ja' nao tenho vinte

REFRAO

Eu furei a boia
e quebrei os oculos
e acabou a pilha
e o meu time [team] e' zebra
e o macaco e' velho
e o pneu careca
e tem o seguinte
eu ja' nao tenho vinte

O nariz descasca
e o leite azeda
e eu nao fiz dieta
e errei a seta
e entrei na recta
e o barbo [????] aperta
e tem o seguinte
eu ja' nao tenho vinte.

REFRAO


Fim de post: Pois...nao ha' bela sem senao. Mas tambem, 'as vezes, nao ha' senao sem bela. Por exemplo, com o fim do "Verao" e os dias mais curtos, a rola da minha vizinha - isto e', a rola que pertence 'a minha vizinha, e nao a rola-da-minha-vizinha - ja' nao pia desalmada e cruelmente. Ou isto faz parte do repertorio comportamental sazonal daquela peste, ou entao houve alguem que se lembrou de fazer um guisadozinho de passaroco do demo, ja' que estamos na epoca dos guisados de carne com "yorkshire pudding" (estrangeiro). Vai-se estando bem, portanto. 'sebem!

terça-feira, setembro 14, 2004

Publicamente assumo...

...sou a favor da despenalização do aborto!

Começo sinceramente a ficar farta!!!
Coisa rara em mim, esta sensação de estar farta de cinismo e hipocrisia. Por norma passa-me muito ao lado todas as coisas que revelam discussão ou divergência de opiniões. Sou pacifica demais para grande alarido.

Mas isto está a começar-me a chatear.
Sou a favor de que os casais ou as mulheres decidam ter os filhos que querem na altura que desejam; que dessa forma os possam amar e dar-lhes uma educação propícia e consitente, passar tempo real com os filhos e ama-los incondicionalmente.

Ando cansada com as políticas surdas do planeamento familiar e dos esclarecimentos para os jovens que estão a cair em saco sem fundo.
Está visto que algo está a falhar e, não é a colocar mulheres que praticaram aborto, nos tribunais que isto vai melhorar.

As parteiras continuam por diversas placas por todo o país, a fazer abortos em péssimas condições e, muitas vezes desesperadas, as mulheres procuram a solução mais barata e nem sempre a mais fácil. A hipocrisia é tanta que gente que hoje afirma ser "pela vida" faz abortos em Espanha na Clínica de Badajoz, ou então segue rumo a Londres onde por mais alguns Euros consegue uma clínica de luxo, aproveitando para fazer as compras do mês no espaço de um fim de semana por terras britânicas.

CHEGA!

A Tangerina

Pecados

Ontem estive no Tokyo-Lisboa a comer sushi.
Adoro Sushi.


A Tangerina

Vi ontem e perdi o fôlego

"The Motorcycle Diaries" ("Diarios de Motocicleta")



Lindo.

Maravilhoso.

Por onde andara' o meu "On the Road", do Kerouac?

segunda-feira, setembro 13, 2004

Pior do que ser Segunda-feira de manha (til no "a" final)...

...e' ser Segunda-feira depois do almoco e nao ter feito a ponta-de-um-corno (com muitos hifens), a nao ser mariquices burocraticas, e o Outono ter aparecido -espampanantemente - por aqui, metendo-se 'a frente do Verao, na fila das 4 estacoes. Ou seja (via Yahoo!news weather):


Light Rain
High: 19°C
Low: 11°C
Feels Like: 17°
Dewpoint: 9°
Barometer: unavailable
Humidity: 59%
Wind: WSW 32 kph (rajadas entre as 15 e as 25 mph, que, sei agora, e' ultraveloz)
Visibility: 999 km
Sunrise: 6:31 am
Sunset: 7:18 pm (que seca, que seca, os dias a minguarem a olhos vistos!)

Pior do que este sentimento derrotista de Segunda-Feira de Outono precoce, e' saber que estou a falar de barriga cheia - de guisado de carne caseiro e appflestrudel quentinho com gelado Haagen Daz (TM) de baunilha e fudge de chocolate, ingeridos no Sabado 'a noite passado. Agora que comeco, lentamente, a retomar a leitura de jornais e afins, e a por-me a par das ultimas desgraceiras, sei que estes maus ventos parece que vem (plural) das Caraibas, onde, aí sim, ha' motivos para alarme.

Nevertheless, ha' sempre um pequeno consolo - I rule too, sister!:

thepixies.jpg
You rule. in 15 years, you won't be as known as you
are now, but most of the people that will know
you then will like you (or else I'll beat them
with a stick). You're nice to listen to.


What band from the 80s are you?
brought to you by Quizilla

Post it: Siamese power!

domingo, setembro 12, 2004

Placidos domingos...

...mas, ainda assim, queria fazer 3 avisos (tres!):

1. os barnabes estao sempre de parabens, quer facam (cedilha) um ano de blogovida ou nao;

2. se nao tem (plural) um link para a Travessa no vosso blog, ou se nao tem (plural) blog, nao se enganem a escrever blogspot - o blogpot (sem "s") leva'-los-a' ao "Abundant Bible Studies - a mega site of Bible, Christian and religious information & studies" -, ou, quem sabe, talvez vos saia um Jackpot; por outro lado, se escreverem "dabliu dabliu dabliu dabliu ponto blogspot ponto come" (isso, isso, com 4 "w"), irao dar a um blog (?) arabe, assinado por um tal de ayanmehr, o que e' capaz de nao ser desinteressante de todo;

3. hoje 'a noite vou ver o "The Last Detail" (1973), visionamento completamente grates para os socios de um estamine' que eu ca' sei e que nao digo, nao digo qual e' (Mental note: rever a minha anterior oposicao (cedilha) em relacao (cedilha) 'a posse de cartoes de socio). A memorable quote:

Meadows: If you're Catholic, do you think it's a sin to chant?
Budduskey: Did it get you laid?
Meadows: No.
Budduskey: Then Meadows, what the fuck do you want to go on chanting for?


sexta-feira, setembro 10, 2004

O que eu ja' sabia, mas e' sempre bom relembrar



"I have found out that there ain't no surer way to find out whether you like people or hate them than to travel with them."
Mark Twain (1835-1910)

quinta-feira, setembro 09, 2004

Dobro dan! I'm becke!

Que e' uma forma parola de dizer "Boa tarde! Cheguei."

Alguem me explique o que se passa no mundo, nomeadamente: aniversarios, premios literarios, mencoes (cedilha) honrosas, descobertas bombasticas no mundo da astrofisica e da paleoantropologia (e da genetica tambem, pronto, va'!), golpes de estado, abertura de novos restaurantes e bares, concertos, politica nacional (golpe de Estado?) e planetaria (golpes de Estado?), desportos aquaticos (excepto vela e embarcacoes aquaticas motorizadas, que passo bem sem saber), atletismo, matraquilhos, ping-pong, okok! e um bocadinho de futebol (mas nao quero ouvir falar de tristezas), enfim, quero fofocas frescas.

Tenho a Lua em Carneiro e Touro em Saturno, o que me da' uma grandessissima enxaqueca. Que fazer? Tarologos de todo o mundo, help!
Ouvi dizer que aqui ha' dealers de armas brancas. Queria uma cena dessas, tipo sabre a dar para o samurai, com um milenio ou dois em cima, em tons terra. Hvala (Obrigada!, portanto).


Nacionalni Park Kornati (Republike Hrvatske), acho eu.


Beli, Valun, Lubenice (Republike Hrvatske)

terça-feira, setembro 07, 2004

Post pouco esclarecido.

O que dizer desta plantinha que dá para fazer cremes corporias e facias, champoo, detergente da louça, iogurtes, sumos e não sei quê mais?

Via:www.salutevera.it

A ver!

segunda-feira, setembro 06, 2004

Hoje é dia de Festa...


A Tangerina

Muito bem lembrado Tangerina!!

Parabéns Comadres!!!!!

Três mulheres
Autor: Xenia (técnica mista sobre papel, 44 x 32cm, 2001)

Vai uma fatia??

E não é...

... quea Travessa faz anos?!?

Parabéns para a Maria das Flores e Paula, comadres desta doce calhandrice.



A Tangerina

É tão bom um miminho pela manhã!

Ao acordar!
"-Mamã!! O papá?"
"- O papá está a trabalhar."
E ei-lo que se aninha a mim por entre os lençois, fazendo-me festas na cara e "roubando-me" o nariz!!

quarta-feira, setembro 01, 2004

eu nem queria...

...mas tem de ser!


Imagem "roubada" ao Casal Gay

A Tangerina